24 de maio de 2015

Capitulo 17 - Surpresa

No outro dia domingo, Vanessa acordou com um arrepio das costas, o frio de dezembro estava intenso puxou as cobertas e olhou para o lado, viu Zac dormindo calmamente, mas puxou o roupão que estava pendurado do lado esquerdo da cama, estava frio, foi até o banheiro e tomou um banho quentinho, vestiu-se  de modo que ficasse quentinha
- Bom dia Vanessa – Disse Iolanda- Parabéns pelo aniversário
- Obrigada Iolanda
- Quantos anos? – Sorriu doce
- 21, vou preparar o café
Zac acordou e viu que Vanessa não estava ali, pegou o roupão que estava estendido em cima da cama e foi para o banheiro tomar um banho, ele ainda continuava tenso, já que na noite as namorada teria sua ultima surpresa de aniversário, se vestiu e desceu sentiu o cheiro do café
- Bom dia Zac
- Bom dia Iolanda
Se dirigiu até a cozinha, e abraçou a namorada por trás
- Bom dia meu anjo
- Bom dia amor – Virou-se dando um beijo nele – Vou por a mesa pro nossa café
- Tá bom
Vanessa arrumou a mesa e eles tomaram café animados
- Amor tenho que ir para casa
- NÃO
- Amor – Olhou incrédula
E agora – Pensou
- Não, fica o dia comigo vai
- Tá, todo bem eu fico
- A gente poe almoçar fora o que você acha
- Pode você está estranha
- É que eu ainda não entendi porque você gritou quando eu disse que ia em casa
- É que eu quero passar o dia com você, e a noite nós vamos sair
- A ode vamos? – Esqueceu completamente o grito de Zac
- Surpresa
- Amor..
- Desiste vida, vai ser surpresa
Beijou a testa dela
- OK, fazer o que né
Ficaram vendo TV, o dia passou rápido até o celular de Zac tocar, já eram 20:00
** Ligação **
- Zac está tudo pronto
- Já chegaram?
- Sim chegaram ao meio dia
- Ótimo
- Traz ela
- Ok
**Ligação**
- Amor?
- OI
- Vá até o quarto de hóspedes, se arrumar para irmos
- Porque não posso me arrumar com você?
- Porque não – Sorriu – Vem
Pegou na mão dela e foram Zac entrou num quarto e Vanessa no outro, em cima da cama havia um belo vestido, sapato tudo para uma festa, tomou banho se arrumou fez uma leve maquiagem e sorriu ao ver o resultado. Desceu as escada encontrou Zac já arrumado a esperando.
- Esta linda
- Obrigada, você também está lindo – Deu um beijo nele – Vamos?
- Vamos
Foram para o carro de Zac, e se dirigiram a uma casa de festas
- Casa de festas? Você tem alguma coisa aqui hoje amor?
- Eu não, você tem, vem
Vanessa olhou sem entender e seguiu o namorado estava tudo apagado, de repente as luzes ascenderam e vaias pessoas e familiares estavam ali inclusive...
- Mãe, pai!? – Sorriu e foi abraçar os pais depois abraçou Zac – Obrigada
- Agradeça a Ashley foi ela que organizou tudo
Ela foi abraçar a amiga
- Obrigada Ash
- Não foi nada, mais se não fosse o Zac seus pais não estariam aqui
- Sim aqui vai ficar um jogando pro outro? Sacanagem
A festa rolou, Zac conversou muito com os pais de Vanessa, que aprovaram o namoro da filha, Vanessa e Ashley também conversavam animadamente até Chris um amigo de Zac tirar Ashley para dançar, e Zac fez o mesmo com a namorada,
- Obrigada por trazer eles, eu estava com saudade deles
- Eu sei, por isso os trouxe

- Obrigada 

20 de maio de 2015

Capitulo 16 - Aniversário da Vanessa

A vida do casal estava normal, era sábado 13 de dezembro véspera do aniversário de Vanessa
** Ligação**
- Ashley como está tudo?
- Zac se acalma ta tudo certo, relaxa cara
- Não dá Ashley, a Vanessa é minha namorada, e se ela não gostar?
- Ela vai amar
- Confio em você
- Então deixa comigo – Sorriu – Tchau
- Tchau Ash
 ** Ligação **
Zac estava apreensivo não sabia se Vanessa iria gostar da surpresa e se achasse muito clichê uma surpresa romântica ele andava na sala de uma lado para outro eram 9:00 da manhã Vanessa chegaria a qualquer momento para ficar ali com ele, dito e feito, a campainha tocou
- Eu não sei por que não usa a chave que te dei – Sorriu e beijando – Bom dia meu amor
- Só para emergência já disse – Sorriu – E bom dia
- Então o que quer fazer hoje?
Disse sentando no sofá, mais estava tenso e Vanessa percebeu
- Amor aconteceu algo?
- Não anjo por quê?
- Você, está tenso.
- Não, só impressão.
- Certeza
- Absoluta
Vanessa sentou ao lado dele e começou fazer uma massagem calma em seus ombros
- Adoro suas massagens – Sorriu
- Eu sei – Ela sorriu em troca
- Me deixa calmo, alivia meu estresse das consultas, cirurgias e tudo mais
- Que bom, me sinto mais feliz assim
Ele virou de frente para ela lhe dando um beijão
- Almoço fora hoje?
- Pode ser
Passaram a manhã inteira num chamego só, ao dar meio dia saíram para o almoço, a tarde passearam no shopping e Zac foi levar Vanessa em casa
- Amanhã a noite a gente se vê então, tenho plantão
- Claro – Sorriu triste
- Eu amo você meu anjo
- Eu também amo você
Zac saiu, estava tenso e apreensivo para a surpresa, não teria plantão no outro dia mais nada podia dar errado na surpresa de Vanessa. A noite chegou, agora seria o momento, Zac mandou uma mensagem para Vanessa.
“Feliz aniversário meu anjo, pegue com a Ashley a caixa com a roupa
Para você usar essa noite, você vai ficar maravilhosa, amo você”
- Ashley , a caixa
A amiga sorriu
- Aproveite a  noite
Vanessa abriu a caixa e ali tinha tudo para a noite, vestido, sapatos, brincos, colar se arrumou se maquiou
Pegou o carro e se dirigiu para casa de Zac onde estava tudo apagado somente algumas velas fazendo caminho até a varanda, ela seguiu com um sorriso no rosto, ao chegar lá, não viu ninguém até sentir alguém a abraçar por tras
- Sabia que você ficaria linda. Feliz aniversário
- Obrgada – Sorriu
- Sabe já faz 6 meses que a gente tá junto – Sorriu – E agora, vou te dar a coisa que prova o quanto eu te amo e quero ficar com você o resto da minha vida, ainda não é um pedido de casamento – Puxou uma caixinha do bolso – Mas pode ser um começo
Abriu ali continha duas alianças lindas, Vanessa colocou a mão na boca escondendo o espanto

- São Lindas
- Que bom que gostou
Pegou a pequena, e colocou no dedo dela, e ela assim fez com  outra colocando nele

- Agora vamos jantar – Seguiram jantar, e a noite terminou, com os dois no quarto, abraçados suados e cheios de amor.
-----------------------------------------------------------------------------------------
16 postado! Tem Capitulo em Simple Love também, vão lá ver o 2º Capitulo.. Espero que gostem desse e do de Simple Love
Beijões

14 de maio de 2015

Capitulo 15 - Tudo em pratos limpos

Zac estacionou o carro depois de tocado no assunto da mãe dele nenhuma palavra a mais foi dita no carro
- Acho que a gente precisa conversar – Acariciou o rosto dela
- Mas e as compras?
- Depois eu pego
- Tá – Abaixou a cabeça
Entraram na casa de Zac sentaram no sofá lado a lado
- Agora conta, o que aconteceu?
- Bem foi assim – ela respirou fundo – no dia do acidente ele me ligaram avisando, eu sai correndo do escritório como ainda não tinha feito o teste de motorista peguei o primeiro ônibus e fui para o hospital, cheguei lá e fiquei esperando noticias, logo uns 30 minutos depois chegou um casal perguntando por você, dizendo que eram seus pais eu puxei assunto e sua perguntou a quanto tempo você estava na sala de procedimento eu disse, e logo ela perguntou como a gente se conheceu e começou a namorar e perguntou dos pais no que trabalhavam, acho que ela não gostou de saber que minha família não tem tanto dinheiro ai quando o medico veio dizendo que você já poderia receber visitas seu pai disse para eu ir primeiro e eu disse que não que eles poderiam ir, porque eu iria pegar roupas e passaria a noite ali com você, e sua mãe disse que era audácia minha e que eu só estava com você por causa do seu dinheiro – uma lágrima rolou dos olhos dela – ai aconteceu uma breve discussão eu disse que não me importava com seu dinheiro, e que estava com você porque eu amo você e não o sue dinheiro e saí indo em direção a saída e seu pai veio atrás de mim, me pedindo desculpas pela atitude dela.
Zac andava pela sala de um lado para o outro
- Ela não podia ter feito isso, ela não pensa
- Hei, calma já passou e ela é sua mãe
- Eu sei ela minha mãe mais poxa, que mania dela essa de querer achar que todo mundo é menor que ela
- Calma
- Eu vou ligar para eles mais tarde
- Amor eu não contei antes porque, não quero confusão, por favor.
- Não vou fazer nada de mais, só conversar com eles.
- Promete?
- Prometo mais agora você vai aceitar esse cartão de crédito, e vai esquecer tudo o que a minha mãe falou.
- Amor mais eu não posso
- Por favor, leve como um presente.
- Sua mãe ela...
- Ela não tem nada haver com isso, você é minha namorada.
- Tudo bem eu levo, mas, só vou usar em casa de extrema emergência caso de ultima hora.
Ele sorriu
- Agora vou ligar para eles
- Ok
Deu um beijo nela e foi para o escritório e ligo para os pais
- Alô
- Oi Joana é o Zac, meus pais estão?
- Só um minuto vou chamar
- De preferencia minha mãe
- Ok – ouve um silencio – Oi filho
- Oi – Disse seco
- Aconteceu alguma coisa?
- Aconteceu, o meu acidente te lembra algo?
- Lembra querido, claro, fiquei tão preocupada como você está?
- Ficou tão preocupada que nem ligou mais para saber como eu estava
- Filho me desculpe
- Mas não foi para isso que eu liguei
- Foi para que então
- Para saber quando você vai parar de tratar mal as pessoas, principalmente a minha namorada
- Aquela coisinha já foi te contar é
- Não ela não ia me contar, e ela tem nome e é Vanessa, sem querer ela deixou escapar, fomos comprar enfeites de natal para a minha casa e apara o apartamento dela, e no momento que eu fui entregar o cartão de credito para ela fazer as compras ela não quis, por causa das barbaridades que você falou
- Não falei nada de mais querido
- Só a chamou de interesseira e tudo mais. Escute uma coisa Starlla, eu a amo e nem você e nem ninguém vão tirar ela de mim, fui claro
- Como agua, mais acho que você merecia...
- Coisa melhor era isso, faça me o favor ela me faz bem como nenhuma outra me fez antes, eu a amo, e era só isso e estou indo viajar, passarei o natal com os pais dela
- Não vai passar com nós?
- Você não merece, tchau mãe.
Desligou o telefone.
- Pronto – Disse olhando para Vanessa
- Como ela tá?

- Deve tá uma fera, mais vai superar - Riu

-------------------------------------------------------------------------------------------

Postadinho o 15 comentem bastante, espero que antes de sábado eu posto em Simple Love, já que o 1º capitulo tá quase pronto..
Beijos comentem e não percam Simple Love

Capitulo 14 - Sabado no Shopping

O sábado logo chegou, Vanessa acordou por volta as 09:00 aquele dia, escovou os dentes e se arrumou e desceu para tomar café
- Hmm.. Tá gata em amiga – Disse Ashley – Bom dia
- Engraçadinha você Ashley, bom dia
- Parando, você vai a onde?
- Vou ao shopping com o Zac, ver decoração de natal.
- Falando nele, como ele tá depois do acidente.
- Ah, ele está totalmente recuperado os machucados já cicatrizaram.
- E os pais dele vieram vê-lo?
- Não Ash, nem um telefonema, acho que por minha causa – O celular de Vanessa deu som de mensagem – É o Zac
“Bom dia meu anjo dormiu bem?
bom espero que sim, já já passo aí
pra te buscar to morrendo de saudades.
Te amo”
“Dormi bem sim amor, espero que não tenha
Sentido nenhuma dor em seus machucados
Pode vir a hora que quiser estou pronta já.
Te amo”
“Vou já então, e não eu não senti dores
Amo você”
- O Zac tá vindo
- É tão bom ver você assim, feliz
- Calma Ash, você vai encontrar uma pessoa – Sorriu
- Tomara – Disse enquanto levava as louças pra pia
A campainha tocou
- Rápido ele não? – Zombou Ash
- Não zoa Ash – Abriu a porta – Bom dia amor
- Bom dia meu anjo – Deu um beijo nela
- Tá bonito 
- Você também ta linda amor – Sorriu e beijou sua bochecha
- Dá pra parar casal?
- Ash, a gente não tem culpa se ninguém te que – Riu
- Grande amiga você Vanessa
- Ok, estamos indo. Tchau Ash
- Tchau e se cuidem
Zac e Vanessa rumaram em direção ao shopping chegando lá começaram a ir atrás das árvores de natal
- Amor essa é linda – Sorriu – Será que cabe no apê?
- Cabe sim meu anjo
- Posso levar? – Pediu sem graça
- Hei, não fica assim, pode pegar o que você quiser – Sorriu e lhe deu um beijo terno
- Tá
- Vai lá – Entregou um cartão de crédito a ela
Vanessa entrou na loja e Zac observava a alegria dela em ver os enfeites de natal, mas uma data não poderia ficar em branco na próxima semana era o aniversário da namorada e precisaria de uma desculpa para ir atrás de um presente.
- Amor
- Oi
- Vou ao banheiro tá?
- Tá, vou te esperar aqui, pra escolher uma pra sua casa
- Está bem
Zac correu e agora o que dar a namorada de presente, gostaria de dar o shopping inteiro, mais uma loja em especial o agradou, já sabia o que dar, sabia que ela ia gostar, seria eterno. Zac foi até o estacionamento num pulo e escondeu o presente, ao voltar foi abordado por uma garota perto da loja em que Vanessa estava.
- E aí gato – Zac ignorou – Hei estou falando com você
O puxou pelo braço
- Desculpe mais estou com pressa minha namorada está me esperando
- Hmm.. Mais ela não precisa saber, que tal de a gente saísse essa noite?
Zac ia falar mais na hora uma voz o surpreendeu
- Querida porque você não vai pastar? – Era Vanessa
- E você quem é? A namorada dele?
- Sou porque? – A garota riu
- Olha para você, nem deve o satisfazer.
Vanessa olhou para ela, será que era verdade? A única reação que teve foi dar uma tapa na cara dela e sair, Zac foi atrás dela a encontrou chorando num banco.
- Amor calma
- É verdade Zac?
- O que amor? – Perguntou sem entender
- Eu não te satisfaço?
- Hei não pensa isso, e você sabe muito bem da sua capacidade – Sorriu malicioso fazendo Vanessa rir
- Vem, acho que ainda temos a minha casa para decorar – Deu um beijo nela e saíram atrás de decoração para a casa dele, na hora do almoço foram a praça de alimentação comeram entre abraços beijos, e palavras bonitas, e depois voltaram para a procura.
As 18:00 Zac colocou todas as comprar no porta malhas do carros, as roupas para natal e ano novo, presentes e as decorações
- Amor?
- Oi
- O que acha de ir passar o natal com seus pais, assim aproveito e conheço eles
- Ótima ideia amor, mais é longe de carro
- Pode deixar que essa parte é comigo, providencio as passagens de avião
- Amo você – Sorriu
- Eu também te amo
A morena abriu a bolsa e tirou algo lá de dentro
- Toma – Disse devolvendo o cartão de crédito
- Não amor, ele é seu, aproveite
- Mais eu não posso aceitar – Disse lembrando as palavras de Starla – Ai o que sua mãe me disse vai se tornar real, não amor, eu não quero, já foi de mais aceitar tudo isso
- Pera aí o que minha mãe te disse?
Merda falei de mais  - Pensou
- Quando chegarmos em casa em te conto, vai ser melhor

- Ok, vou esperar
-----------------------------------------------------------------------------------
Postei aê ee, bem deixei um pouco a prova de lado pra postar pra vocês espero que gostem e não deixem de visitar Simple Love Personagens e Sinopse já postei acho que no fim de semana posto o primeiro capitulo!
Beijos, comentem e visitem o outro blog!