20 de abril de 2015

Capitulo 12 - Tudo vai ficar bem

Vanessa chegou ao hospital alvoraçada, foi correndo em direção à recepção.
- Por favor, o Dr. Zachary Efron, ele acabou de dar entrada sofreu um acidente.
- Sim, ele está na sala de pequenos procedimentos, provavelmente, sutura.
- Sabe se ele está bem? – Perguntou nervosa
- Ele chegou inconsciente, deve estar sedado nesse momento em função da dor da sutura.
- Ok, obrigada!
Vanessa sentou em uma das cadeiras, aquilo a agoniava, os minutos se passavam foram 5, 10, 15, 20, 30, 4º e nada de noticias, essa angustia de não ter noticias, logo Vanessa notou um casal que também estava perguntando por Zac, agora lembrara que ainda não havia conhecido os pais do namorado, por conta do tumulto da vida dos dois, nesses 6 meses, a recepcionista apontou para onde Vanessa estava.
- Olá, você está esperando noticias de Zac?
- Ah, sim, desculpem-nos sou Vanessa, namorada do Zac
- Ele havia comentado de você – Olhou Vanessa de cima a baixo – Starla, mãe de Zac
- Prazer
- Sou David, pai dele – Sorriu terno.
- Prazer senhor
- Então a quanto tempo está aqui, a espera?
- Faz 40 minutos senhora
- Então – Continuou Starla – Como se conheceram?
- Bom, minha família é de San Francisco, vim para Nova York atrás de emprego, e me candidatei ao cargo de cozinheira na casa do Zac, trabalhei para ele durante 5 meses e depois, começamos a namorar
- Seus pais fazem o que?
- Meu pai, trabalha em uma empresa, na produção, e minha mãe é sócia de uma pequena loja de roupas.
- Você é formada?
- Somente até o colegial – Abaixou a cabeça envergonhada
- Não precisa ter vergonha querida – Disse David
- Mas, faço faculdade agora, curso Direito.
- Futura advogada
- Com licença, parentes do senhor Efron?
- Sou a mãe, como meu filho está?
- Bom agora ele está no quarto, dormindo, está sedado deve acordar pela manhã ou comente pela madrugada
- Mais ele está bem doutor?
Perguntou Vanessa
- Sim, somente um corte profundo na testa e alguns machucados, nada de grave graças a Deus
- Que bom
Sorriu aliviada
- Podemos ve-lo? – Perguntou David
- Claro quarto 310
- Você que ir primeiro querida?
- Não, vocês podem ir – respondeu a David – Vou em casa buscas roupas para Zac, depois passo a noite aqui
- Que audácia!
- Starla!
Repreendeu a esposa e Vanessa arregalou os olhos
- Ora David, ela só está com Zac por causa do dinheiro dele
- Starla não fale besteira
- Desculpe mas, eu amo o Zac, e dinheiro, dinheiro nunca me fez falta, venho de família humilde, não tenho carro ando de ônibus, trabalho, divido o apartamento com uma amiga, mas nunca me importei com o dinheiro do Zac, eu amaria ele mesmo que ele não tivesse todo esse dinheiro, o amor é maior que ouro, prata, diamante, dinheiro ou qualquer outra coisa, eu amo seu filho Senhora Efron, nunca duvide disso.
Com os olhos cheios de lágrimas Vanessa virou as costas e saiu, logo tras escutou uma voz que a chamava, era David
- Vanessa, desculpe-me pela Starla, ela não mede as palavras, ela não sabe o que diz.
- Tudo bem, eu sou pobre ele rico, uma hora alguém ia dizer que eu sou interesseira.
- Quer que eu leve você?
- Não eu vou de ônibus
- Certeza?
- Sim, obrigada
Vanessa pegou o ônibus e foi até a casa de Zac, lá colocou algumas roupas numa pequena mala,  volteou ao hospital de táxi, assim que chegou, foi até o quarto de Zac, os David e Starla já haviam ido.
- Que susto que você me deu amor – Disse fazendo carinho nos cabelos dele – Eu te amo tanto.
Sentou no sofá que ali havia, olhou as horas já eram 22:00,ficou observando Zac e pegou no sono. Acordou no outro dia por volta das 8:00 providenciou de ligar para o dr. Silver avisar do ocorrido e que não iria ao trabalho. Quando voltou para o quarto viu que Zac havia acordado
- Amor que susto você me deu
- Oi, meu anjo
- Fiquei tão preocupada
Abraçou-o de leve
- Desculpe não foi minha intenção
- Eu sei, foi culpa do Alan
- Quem é Alan?
- Depois te explico, seus pais estiveram aqui
- Então você os conheceu?
- Sim, e sua mãe não gostou de mim
Fez careta e Zac sorriu
- Não falo com ela, ela sempre quer interferir nas minhas escolhas, já meu pai é calmo e compreensivo.
- Mas que bom que você acordou
Sentou ao lado da cama pousando a cabeça no peito dele
- Agora vai ficar tudo bem – Sorriu
- Eu sei que vai

Sorriu, dando um beijo calmo nos lábios do amado.

2 comentários:

  1. não gostei nada da Starla,aff
    amei o capítulo ♥♥♥
    ainda bem que o Zac está bem
    posta mais,kisses

    ResponderExcluir
  2. ahh ufa o zac ta bem....posta logo bjos

    ResponderExcluir