19 de dezembro de 2015

Capitulo 26 - Casamento

6 meses passaram rápido, Kate crescia rápido assim que chegou em casa Ashley e Gina fizeram questão de começar a fazer os preparativos no casamento de Vanessa, que até achava engraçado quando as duas entravam em discordância.
- Olha essas rosas – Disse Gina – São lindas para os arranjos da igreja
- Eu prefiro lírios – Disse Ashley
- Mais rosas tem tudo a ver com amor
- Lírios também
As duas se olharam e logo olharam para Vanessa que ninava Kate
- Lírios – Respondeu a morena sendo lírios suas flores preferidas
- Mais filha
- Mãe meu buquê já vai ser de rosas vamos mudar um pouco
- Tudo bem – Disse Gina por vencida, deixado uma Ashley feliz
Foram assim os meses de Vanessa, discussões sobre a igreja, recepção, convites, até chegar numa pessoa
- Amor
- Sim
- Sua mãe não vai convidar? Apesar de tudo ela é sua mãe
- Eu sei V, mais sei lá ela não viria – Disse enquanto pegava o brinquedo que a filha ficava jogando longe para o pai e buscar – Além do mais, meu pai já está com Marie
- É verdade, mais não custa né
- Tudo, enderece um a dona Starlla
- Eu amo você
- Também amo você
Deram um rápido beijo até escutarem um gritinho da filha que chamava o pai para brincar mais
Era véspera do casamento, Vanessa acordou e foi até o quartinho da filha que continuava dormindo, acariciou os cabelos da pequena e com cuidado olhou a fralda, vendo que estava suja pegou a filha com cuidado para trocar, mais logo sentiu alguém a abraçando por tras
- Bom dia mulheres da minha vida
- Bom dia meu amor
- Kate ainda dorme?
- Sim
- Vamos para sala então
- Ok
Saíram do belo quartinho da filha


Ao chegarem na sala escutaram a campainha ao abrirem deram de cara com Ashley, Chris, Gina, Greg, David e Marie
- Eu dei uma festa e não sabia? – Disse Zac divertido
- Não vamos separar vocês
- O que? – Disseram em coro
O dia passou e o dia do casamento chegou, Gina estava com Kate Vanessa se arrumava, num quarto e Zac estava no altar já a esperando a igreja havia ficado do jeito que Vanessa queria



(Ignorem as pessoas)

Simples e linda, Zac estava agoniado, pegava a pequena Kate no colo, devolvia a Gina e andava de um lado para outro
- Filho se acalme assim vai fazer um buraco no chão
- E se ela...
A marcha nupcial tocou e Vanessa entrou, linda em seu vestido branco
Greg a entregou a Zac, ao lado Ashley se desmanchava em lagrimas enquanto a noiva lhe entregava o buquê a cerimonia correu lindamente
- Eu Zachary David Alexander Efron
- Eu Vanessa Anne Hudgens
- Te recebo Vanessa por minha esposa
- Te recebo Zac por meu esposo
- E te prometo ser fiel – Sorriu
- Na alegria e na tristeza – uma lágrima de felicidade escorreu
- Na saúde e na doença
- Até a morte nos separe
- Até que a morte nos separe
- Então rapaz pode beijar noiva

E com aquele beijo, o primeiro beijo de casados selaram uma união que com certeza seria eterna.
--------------------------------------------------------------------------------------------
Capitulo para vocês gente linda, espero que gostem da decoração de natal já que provavelmente agora só volto depois do ano novo.. Beijões

28 de novembro de 2015

Capitulo 25 – Katherine

Agora Vanessa estava na reta final da gravidez, havia se mudado para a casa de Zac para ter um melhor acompanhamento já que o noivo era um médico, Ashley agora estava noiva de Chris, e logo se casariam, estavam em busca de uma casa. David o pai de Zac tomou uma decisão e pediu o divórcio a Starlla que decidiu pelo litigioso já que ela não gostou muito da ideia, ela odiava Vanessa e continuaria odiando, e odiaria essa neta que estava a caminho também, Zac deveria estar casado com Emily Smith uma moça de renome no qual o pai de empresas e mais empresas de importação e exportação, agora Emily havia se casado com outra pessoa devia estar nadando em dinheiro.
Vanessa cuidou de todo o divórcio para David sem custo nenhum, mais que fez questão de pagar, dando aos noivos a festa de casamento o que deixou Zac feliz, ao ver o que o pai era totalmente diferente da mãe dele, ficava feliz ao ver que havia puxado a personalidade do pai. David havia comprado uma casa perto da de Zac, na qual Ashley com seu pequeno dom para decoração, repaginou o ambiente deixando David satisfeitíssimo.
Agora aos 9 meses e morando com Zac, Vanessa se sentia mais segura, o noivo havia viajado, uma viagem de dois dias para um Congresso Internacional de Medicina ficou receoso ao deixar Vanessa sozinha mas Ashley, David e Chris se comprometeram a cuidar da morena isso o tranquilizou um pouco.
- Vanessa?
Chamou Ashley que estava deitada na cama ao lado da amiga
- Sim
- É normal gravidas fazerem xixi na cama?
- Mais Ash eu não estou ... – Vanessa olhou para as pernas e sentiu uma pontada – OMG Ashley, chama David ou o Chris, Kate vai nascer AAAAAH – Gritou de dor – Estou em trabalho de parto
Ashley rodava pelo quarto igual a uma barata tonta
- CORRE ASHLEY
- TA
A loira saiu correndo desesperada ligando para David avisando da situação de Vanessa que logo chegou pegando a nora nos braços e colocando no banco de trás do carro, sua neta era prioridade
- Ashley, avisa o Zac – Disse David
- Pode deixar
Com Zac...
O celular começou a vibrar no bolso, estava no meio de uma palestra a foto de Vanessa no visor o fez ficar alerta
 

Ele pensou em recusar a ligação, mais a noiva estava grávida já de nove meses algo poderia ter acontecido ele levantou
- Desculpa, com licença, me perdoe...
Ao chegar na rua Zac finalmente pode atender o celular
- Alô
- A Vanessa...
- Ashley calma
- A Vanessa tá em trabalho de parto
- O quê?
- SUA NOIVA TA PARINDO SEU PALERMA
- Não precisa ofender, vou pegar um avião tchau
Zac se dirirgiu ao hotel, meu Deus, sua filhinha estava para nascer, jogou tudo dentro da mala de qualquer jeito, mais sem antes tirar o terno que estava usando naquela maldita palestra, chegando ao LAX, já que estava em Los Angeles, pegou o primeiro voo para Nova York, não demorou muito tinha um para sair logo, e foi nesse mesmo que o loiro correu para não perder, em algumas horas agoniantes de voo, olhando para o relógio aterrissou em Nova York, pegou um taxi e literalmente fez o motorista voar para o hospital. Chegando no mesmo mostrou sua credencial de médico logo avistou seu pai, Ashley e Chris
- Onde tá a Vanessa?
- No pré-parto
Avisou Ashley, Zac correu até a sala
- Amor
- Zac, você chegou
- Assim que Ashley ligou peguei o primeiro voo
- Ela está pronta
- Eu vou fazer o parto – Disse Zac
- Mais Zac
- Amor eu Ginecologista também esqueceu por um acaso – A morena fez que não com a cabeça – Nada mais justo de eu trazer nossa pequena ao mundo
Foram 8 horas de parto, Katherine Marie Efron, nasceu a 8:26 P.M Pesando 3,100 kg e medindo 47 cm pelas mãos do pai babão que sorriu ao pegar a filha e cortar o cordão umbilical
- Ela é linda
Babava David no berçário olhando a neta

- Eu vou ver a Vanessa, ver se ela está se sentindo bem
- Ok filho
Na porta do quarto havia uma plaquinha com o nome da filha, abriu e viu Vanessa dormindo, o quarto estava cheio de balões dizendo que havia nascido uma menina, Zac chegou perto de Vanessa e fez carinho nos cabelos dela, o que fez ela indo acordando aos poucos
- Amor
- Oi, como está?
- Um pouco cansada e dolorida
- É normal
- E a nossa pequena
- Está no berçário, devem traze-la daqui a pouco para mamar isso se meu pai já não a afogou de tanto babar
Vanessa riu
- Você avisou meus pais
- Sim, eles vão chegar amanhã para conhecer a neta

2 dias se passaram e agora Vanessa estava em casa, suas noites e Zac agora eram mais curtas mais Kate acordava pouco, no máximo duas vezes por noite, então revezavam uma noite era Zac outra Vanessa, assim todos tinham uma noite sono tranquila.
----------------------------------------------------------------------------------------
Podem me matar, mentalmente é claro suiahsuiahsa, desculpa a demora horrenda, eu estava definitivamente nem tempo acho que agora posto com mais frequência, é que também estou trabalhando na nova história. Beeeeejões

8 de outubro de 2015

Capitulo 24 – Escada

Vanessa agora desfilava uma bela barriguinha de 6 meses era sábado, estava na casa de Zac já que Ashley havia ido viajar com Chris.
- Amor
Disse Zac
- Oi
- O que você acha de irmos viajar também
- Para onde?
- Bom, seus pais voltaram para San Francisco, podíamos ir visita-los
- Não
- Como não meu amor?
- Vamos visitar os seus pais
- Amor..
- Zac eles nem devem saber que estou grávida
- De fato não sabem
- Vamos visita-los
- Está bem, você venceu vá arrumar as coisas enquanto eu ligo avisando
- Tá
Vanessa subiu para o quarto pegou a mala maior e começou a colocar as roupas do casal sobradas dentro
- Pronto meus pais já estão avisados
- Sua mãe deve estar super feliz
Disse sarcástica
 - Com certeza
Disse Zac dando um beijo na noiva, ele colocou a mala no carro e deram partida rumo a Manhattan, ver os pais de Zac
- Sua mãe vai dizer que estou te dando o golpe do baú
- Deixa dizer, estamos noivos, vamos nos casar, vamos ter uma filha linda
Vanessa sorriu boba, Zac a sabia fazer feliz como nunca tinha sido antes na vida, havia vindo de uma cidade para outra atrás de trabalho, filha de um operador de maquinas e de uma sócia de uma pequena loja de roupas, acabou ficando noiva de um médico e esperando uma bela meninas, não poderia estar mais feliz, nada poderia estragar sua felicidade.
- Amor, chegamos
- Ok
Vanessa sorriu, chegou a hora de enfrentar a fera, passar um fim de semana com Starlla, não seria muito sacrifício pensou a morena, logo David veio recebe-los
- Filho, que bom vê-lo, Vanessa, vejo que está ótima
- Sim pai, estamos ótimos – Respondeu pela noiva
- Venham, filho coloque a mala no seu antigo quarto como sempre
- Ok, amor você quer se deitar um pouco?
- Não eu estou bem, por enquanto
- Vou subir e já volto
- Vejo que vem um herdeiro a caminho
- É, vem sim – Sorriu alisando a barriga de 6 meses
- Quantos meses querida?
- 6 meses, uma menina
- E já escolheram o nome da minha netinha?
- Sim, Zac escolheu se chamará Katherine, Kate para ser mais fácil – Sorriu
- Belo nome
- Ora, veja quem chegou – Disse Starlla
- Boa tarde Starlla
- Vejo que não demorou para prender meu filho definitivamente a você
Falou olhando para a barriga da morena
- Mãe pode parar – Disse Zac aparecendo por trás da morena a abraçando, fazendo um carinho gostoso na barriga onde sentiu um leve chute da filha e sorriu assim com Vanessa
- O truque do golpe do baú, está um pouco antigo não acha garota
- Não estou dando o golpe em ninguém senhora
- Zac querido, faça um exame de DNA quando essa criança nascer, para saber se é realmente seu filho
- É menina mãe, e não preciso de exame nenhum
- Não reclame depois se estiver criando filho de outro
Zac ignorou a mãe
- Pai, eu e Vanessa ficamos noivos
- Mais essa agora
Reclamou Starlla
- Parabéns meu filho, para quando é o casamento
- Para depois que Kate nascer
- Ótimo, lindo nome Kate, coisa de pobre
- Pai, podemos ir para o escritório?
- Claro, vamos
Zac pegou na mão de Vanessa a guiando até o escritório junto a ele, lá tiveram uma conversa amigável, David era totalmente o oposto de Starlla.
- Vou subir e tomar um banho amor, onde fica seu quarto
- Segunda porta a direita
- Tá
Deu um breve selinho nele, já no quarto Vanessa escolheu uma roupa solta para não apertar sua barriga, antes de entrar no chuveiro, admirou sua barriga, e sorriu, estava, perfeita, redondinha, como se imaginava grávida um dia entrou o chuveiro e tomou um belo banho demorado e relaxante, vestiu-se, penteou os cabelos, estava pronta, estava indo em direção a escada, quando sentiu uma mão, a morena se desequilibrou e rolou escada a baixo, Starlla riu com satisfação, agora ela teria perdido aquela criança bastarda pensou ela, lá em baixo o pânico se alarmou, Zac correu para socorreu a noiva, esperava que estivesse tudo com o bebe
- Não acha melhor levar ela ao hospital
- Sim pai, vou leva-la pode ir dirigindo para mim? Não estou em condições
- Claro
Zac foi para o banco de trás com Vanessa no colo, aos poucos ela foi acordando
- Zac
- Hei, calma estou aqui
 - Eu fui empurrada
 - Como?
- Eu fui empurrada, senti uma mão nas minhas costas antes de rolar as escadas
- Mãe
- Starlla não faria isso
- Meu amor durma, estamos indo ao hospital, ver se está tudo bem com o bebe
Logo Vanessa adormeceu
- Pai pense, ela não gosta da Vanessa, não gostou do nosso noivado, e muito menos na gravidez
- Faz sentido, vou tomar uma providência assim que chegarmos em casa
Ao chegar no hospital Vanessa fez uma bateria de exames por ser médico, Zac acompanhou tudo, e graças a Deus estava tudo bem com a pequena Katherine, só que agora Vanessa teria que ter mais cuidados na reta final da sua gravidez.

 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Atrasado mais postei, e bem atrasado, é que a chuva aqui não para dá m dia de sol, e resto da emana de chuva, agora mesmo to arriscando e postando com chuva e trovoadas, mais ta ai espero que gostem e não me matem, a fic ta indo pra reta final e logo, logo uma outra quentinha, que eu ja comecei a escrever vai surgir aqui pra vocês
Beijos, e comentem bastante assim que der posto em Simple Love.







24 de agosto de 2015

Capitulo 23 – 5 Meses

N.I (Notas iniciais) Oi pessoal cá estou com um capitulo fresquinho ele ta picurruchinho mais mito fofo, leiam no fim as notas finais, aproveitem.

Vanessa estava aos 5 meses de gestação, era uma noite normal, em muito frio e nem muito quente, Vanessa acordou com desejo o que faria? Eram 3 horas da manhã, estava confusa aquela vontade de comer abacate com doce de leite estava a dominando, pegou o celular
**Ligação
- Amor? Aconteceu algo?
- É, não, só que to com desejo
- Amor, agora?
- Desejos não tem hora
- E o que é dessa vez?
- Abacate com doce de leite – Mordeu os lábios
- Tá bom meu anjo, amanhã eu levo
- Amor tem que ser agora
- Está bem vou atrás de seu abacate e doce de leite, já já chego aí
**Ligação
Zac levantou, trocando de roupa as pressas, pegou as chaves do carro e saiu, a última vez que havia saído de madrugada foi para atender uma emergência no hospital, a cidade estava quase deserta, Nova York era movimentada a noite, mais era madrugada, havia algumas prostitutas encostadas nos prédios, alguns drogados fumando, Zac se assustava cada vez mais com as noites Nova-iorquinas, até que achou um mercado 24H, estacionou entrou e começou a procurar pelo abate e o doce de leite.
Já Vanessa estava na sala, havia ligado a TV para se distrair mais a vontade era maior, andava de um lado para outro acariciava a barriga de 5 meses, a campainha tocou, ela correu até a porta
- Ash é você
- Bom, você sabia que eu não estava em casa
- Sim, eu sabia, mas achei que você iria dormir com Chris
- Eu ia, mais pedi para ele me trazer
- Mais porque?
- DR básica
- Hmm, tá
- E você? O que ta fazendo aqui? Acordada?
- Esperando o Zac
 - O Zac?
- Acordei com desejo e liguei para ele
- Desejo de que?
Sorriu
- Abacate com doce de leite
- Meu Deus, onde ele vi achar isso a essa hora
- Não sei, mais ele acha
Três batidas na porta despertaram a morena da conversa
- Eu vou deitar – Disse Ash – Aproveite seu abacate
- Pode deixar
Vanessa foi até a porta, olhou pelo olho mágico e viu Zac com alguma sacolas sorriu, e abriu a porta
- Oi amor
O beijou
- Oi
- Foi difícil de achar?
- Até que não, fui a m mercado 24 h – Sentou no sofá
- Desculpa fazer você sair a essa hora da madrugada
- Sempre que precisar eu vou
Abraçou ela por trás enquanto ela cortava ao abacate e depois abria o pote de doce de leite, tirou a semente do abacate, e ali naquele vão com uma colher colocou doce de leite, e com uma colher saboreou aquilo como se fosse a melhor coisa do mundo
- Hmm, isso é muito bom
- Estou vendo
Vanessa sentou no sofá com seu abacate recheado, até que sentiu uma coisa
- Mexeu, chutou
- O que?
- Kate chutou primeiro movimento, aos 5 meses, vem sente
Zac colocou a mão em cima da moa de Vanessa e sentiu ali o movimento da sua pequena filha seus olhos se encheram de lagrimas
- Papai te amo Katherine
- E a mamãe também – Disse Vanessa
- Eu amo você
Juntou sua testa na dela
- Eu também amo você

Sorriu e o beijou ternamente

N.F - Espero que tenham gostado do capitulo e tenho algumas coisas a dizer, bem vou ter um pouco de dificuldade para postar, mais não por falta de tempo, mais um pequeno problema de saude, Estou com um pequeno cisto no pulso direito, e como e sou destra tudo que eu faço me pulso dói, então tenho que digitar pouco, por isso o capitulo ta pequeno, espero compensar no próximo, vou reescrevo devagar já que ele estava no meu outro notebook que eu perdi todos os arquivos, e ele estragou e acabe comprando outro. Estou focando em um capitulo novo para Simple Love, vai demorar um pouco mais vai sair, espero que entendam.
Amo vocês, e comentem, até o proximo 

30 de julho de 2015

Capitulo 22 – Katherine / Sim

Vanessa foi levada ao hospital para fazer exames clínicos e saber como estava seu pequeno bebe e descobrir de quanto tempo estava, descobriu que estava de 2 meses já, depois da bateria de exame a morena foi levada a um quarto para descansar em observação e ver se não teria qualquer reação ao trauma sofrido, Zac estava na sala se espera, ao ver o médico deu um pulo, Gina e Greg chegaram logo depois.
- Como ela está?
- Está bem, agora ela deve estar dormindo, foi levada a um quarto para ficar em observação e descansar
- Qual quarto
- 406
Zac, Gina e Greg de dirigiram até o quarto, em um hospital que Zac conhecia de baixo a cima, ao chegarem no 4º andar logo acharam o quarto de Vanessa, Zac abriu a porta devagar e a namorada dormia tranquilamente, uma ideia logo passou pela cabeça
- Vocês se importam se eu der uma saidinha, e Senhor Hudgens eu queria conversar com o senhor
- Claro – Os pais de Vanessa ainda não sabiam da gravidez dela, Zac achou melhor deixar quieto para que a própria Vanessa contasse, os dois saíram e foram para o corredor do hospital
- Bem, quando aquela maluca sequestrou a Vanessa, ela havia descoberto algo, estava indo até a clínica me contar
- E o que minha filha descobriu?
- Ela descobriu que esta grávida – abaixou a cabeça e deu um meio sorriso e Greg ficou sem palavras – E eu quero pedir ao senhor a mão da Vanessa em casamento, eu já estava pensando nisso a algum tempo, já que estamos juntos a 5 anos
- Vocês tem a minha benção e meu Deus eu vou ser avô
- Sim você vai ser avô
- Só quero que cuide bem dos dois Zac
- Pode deixar, agora se me der licença eu vou a uma joalheria comprar um pelo anel noivado
- Vai lá meu rapaz
Zac sorriu igual um menino que ganhava brinquedo novo, desceu pelas escadas mesmo já que o elevador parecia demorar décadas para chegar ali no 4º andar.
Vanessa acabara de acordar e deu de cara com os pais
- Oi – Disse a morena
- Como se sente filha?
- Bem e o Zac? Ele ta ferido?
- Não ele está bem – Sorriu Greg – Só teve que dar uma saidinha, parabens pelo bebe
- Bebe? – Disse Gina confusa – Que bebe?
- EU tô gravida mão, ou ou ou, meu bebe está bem
- Ai filha você pergunta ao Zac quando ele chegar ele sabe tudo o que aconteceu
Logo a porta se abriu e Zac entrou sorridente, alias ele iria ter um filho e iria pedir a mulher da sua vida em casamento
- Como se sente?
- O bebê, como está?
- Bem depois da sua bateria de exames e descobrir de quanto tempo estava eles não disseram?
- Se disseram não me lembro – Disse confusa
- Está tudo bem com vocês, não se preocupe
- Bem vamos deixar vocês a sós – Disse Greg, pegando o braço de Gina
- Mais, eu quero ficar mais com a minha filha
- Querida ele precisam conversar
- Tudo bem
Logo que Greg e Gina saíram, Zac não aguentou e deu um beijo na namorada
- Eu fiquei tão preocupado, com você e com nosso filho
- Já ta tudo bem, graças a Deus
- Eu sei, e por isso não vou esperar mais – Vanessa o olhou confusa – Quero que se case comigo, Vanessa Anne Hudgens, aceita ser minha esposa?
Dizendo isso tirou no bolso uma caixinha mostrando um pelo anel de noivado
- Sim
Sorriu recebendo um sorriso de Zac que colocou o anel no dedo da amada, junto a aliança de compromisso.

3 MESES
Vanessa teria uma ultrassonografia na parte da tarde, trabalharia só na parte da manhã, acordou cedo aquele dia, encontraria Zac somente na parte da tarde para a ultrassonografia
- Bom dia V – Disse Ashley
- Bom dia Ash
- É hoje que descobre se é menino ou menina?
- Acho que não Ash, sei que tá louca pra ir atrás do enxoval, ta parecendo o Zac credo – Gargalhou ao lembrar do noivo entusiasmado com nomes, enxoval, decoração do quarto e tudo mais
- Mais, e ai quando você se muda para a casa do Zac?
- Assim que começarmos a montar o quarto do bebe, depois que ele estiver pronto na verdade, cheiro de tinta me enjoa, vou deixar o papai cuidar do quarto
- Não faça isso
- Zac tem bom gosto e depois você pode ajudar ele
- É verdade
- E o Chris? Como vão vocês?
- Super bem, não vejo a hora de estar igual a você
- A sua hora chega Ashley, calma.. Mais agora eu tenho que ir, tenho que resolver um pedido de divórcio
- Eitâ
- Tchau loira
- Tchau
Vanessa passou a manhã toda em reunião com o casal do divórcio, estava cansada, ficaram até 12:00 para chegar a um acordo que deixasse ambas partes feliz.
- Selena eu vou pro meu almoço, não venho a tarde vou ver como ta meu bebe – Sorriu
- Tudo bem
- Fique em casa a tarde, estude, divirta-se
- Tudo bem, obrigada
Vanessa saiu feliz do prédio, pegou o carro no estacionamento indo até o apartamento, chegando lá, almoçou, se trocou sua consulta seria as 13:30 o tempo demorava a passar e Vanessa estava impaciente, se desse para ver o sexo do bebe Zac animada como estava já havia escolhido o nome, e Vanessa não se opôs já que eram belos nomes, se fosse menina, Katherine seria a pequena Kate e menino Samuel seria o pequeno Sam. A campainha tocou a Vanessa levantou num pulo.
- Amor
- Oi, vamos?
- Vamos
Vanessa fechou o apartamento, Zac ofereceu a mão a Vanessa segurou desceram pelo elevador conversando estavam felizes, completos. No carro tudo tranquilo, foram ouvindo música e trocando vários eu te amo.
- Estou nervosa
Disse Vanessa na sala de espera
- Calma amor
- Vanessa Anne Hudgens?
- Aqui – Vanessa levantou
- Vamos lá
Vanessa levantou, sendo seguida por Zac, lá Vanessa se trocou fazendo uma ultrassonografia animadora, ouviram o coração do bebê, mais não conseguiram descobrir o sexo no próximo já daria para ver.
4 MESES
Hoje Vanessa descobriria o que seu bebê seria, Zac não poderia acompanha-la pois tinha consultas, Vanessa estava na sala de espera, até que foi chamada, Vanessa se arrumou estava nervosa, agoniada
- Vamos ver então se é menino ou menina?
- Vamos, porque o papai dele deve estar uma pilha de nervos
- Então vamos lá
A médica começou a analisar a ultrassonografia no monitor, o coraçãozinho batia a todo vapor
- É menina, já tem nome
- Sim, Katherine, nossa pequena Kate – Disse Vanessa chorando
- Belo nome
- Papai que escolheu – Disse Vanessa orgulhosa do noivo
- Bem está tudo bem com Kate, já pode se vestir e marcar a proxima consulta
Vanessa se arrumou marcou a próxima ultrassonografia, saiu sorridente, pegou o carro e foi a shopping, pegou o cartão que havia ganho de Zac, e comprou um pequeno presente para avisar que Katherine estava chegando, se dirigiu a casa no amada
- Olá Iolanda
- Olá Vanessa, como está o bebe?
- Muito bem – Sorriu – É menina, será  Katherine, pequena Kate
- Parabéns, Zac já sabe?
- Não, ainda não, vou para o quarto esperar ele
- Tudo bem – Sorriu
Chegando no quarto Vanessa deixou caixinha em cima da cama e ligou a TV, duas horas se passaram, eram 5:00 P.M quando Zac chegou Vanessa desligou o TV e desceu as escadas com a caixinha atrás das costa
- Amor
- Oi – a beijou – que surpresa, iria no apartamento
- Eu sei, mais tenho uma coisa para você
- E o que é?
- Isso
Vanessa entregou a caixa, onde continha um sapatinho rosa com uma faixinha de cabelo, junto a uma plaquinha escrito “Mantenha a calma e Katherine chegando”


- Sério, nossa Kate?
- Sim a nossa Kate
Zac abraçou a noiva, a beijando logo depois
- Eu amo vocês duas
- Eu também amo você

Passou a mão na barriga, e logo a mão de Zac se juntou fazendo carinho.
-------------------------------------------------------------------
Katherine a caminho.... Comentem bastante, e vejam também o capitulo que postei a um tempinho em Simple Love, quero ver se no fim de semana posto nos dois.
Beijão.

14 de julho de 2015

Capitulo 21 - Resgate

Depois daquela conversa com Alan, Zac ficou pensativo não sabia o que fazer, não sabia que podia confiar nele, andava de um lado para o outro na sala de casa.
- Senhor Efron?
- Sim Iolanda
- Anna quer saber se já pode servir o almoço?
- Desculpe Iolanda, mas não estou com fome
- Senhor Efron, sei que situação é delicada mais tem que se alimentar, para quando Vanessa chegar você esteja saudável
- Pode deixar Iolanda vou comer alguma coisa
Sorriu fraco
- Ok.
Zac pensava no plano que havia armado com Alan para tirar Vanessa do cativeiro, era loucura ele sabia, mais teria que arriscar, salvar seu filho e sua namorada era sua maior prioridade no momento.
- Zac?
- Ah, oi Ashley
- Como está?
- Mal
- Calma tudo vai dar certo
- Como estão Greg e Gina?
- Preocupados
- Diga a eles que tudo vai ficar bem
- Falou com a polícia?
- Sim falei, e falei com Alan também
- Alan? Aquele Alan?
- Sim Ashley aquele Alan, ele ajudou a Avril mais acabou se arrependendo me procurou e bolou um plano para ajudar a tirara a Vanessa do cativeiro já que ele é o único que sabe onde fica o cativeiro.
- Bem e o que vocês vão fazer?
- Vamos esperar a Avril entrar em contato segundo Alan, hoje ela deve ligar, eu e a polícia vamos cercar o lugar.
- Alan já conversou com a polícia?
- Já sim
- Bom, então eu vou embora, até amanhã no plano
- Até amanha
Com Vanessa..
- Alan?
- Oi Vane
- Como ta o Zac?
- Ele ta bem angustiado, mal come ou bebe algo, amanhã vamos tentar te tirar daqui
- Amanhã?
- Sim, já falamos com a polícia, Avrl me pediu pra eu comprar um celular descartável amanhã ela vai ligar para o Zac, nessa hora ele já vão estar aqui fora fica tranquila
- Alan me promete uma coisa?
- O que você quiser V
- Proteja o Zac, eu estou grávida e ...
- Pode deixar não vou deixar nada acontecer a ele
- Alan?
- Vou lá ver o que ela quer, fica bem mais tarde trago comida e água pra ti
- Tudo bem, obrigada Alan
Sorriu
- De nada Vane
Alan saiu, e logo encontrou e Avril sentada na mesa
- Como ela está?
- Bem, por enquanto
- Ótimo, não esqueça o celular descartável
- Ok, pode deixar amanhã de manhã eu compro
- Ótimo
- Sabe que tudo isso é uma loucura não é?
- Alan, não começa com essa ladainha, vou ficar com a Zac a todo custo, agora vou lá ver minha amiguinha
Avril tirou uma arma no cós da calça, a Alan engoliu seco não esperava por isso, não naquele, momento, Avril entrou no quarto em que Vanessa estava, e ele foi para rua
** Ligação
- Zac
- Alan, alguma novidade
- Nosso plano, vai ter que entrar e ação agora
-  O que? Mais porquê?
- Avril tem uma arma, entrou no quarto que a Vanessa está não sei do que ela é capaz, anota o endereço liga pra polícia e venham para cá
- Uma arma? Tá vou ligar para ele
- O endereço é ..
Ligação ***
Depois daquela ligação Zac, Alan voltou para o cativeiro, escutou um grito, engoliu seco
- Avril porquê está fazendo isso?
- Sabe queridinha, eu sempre amei o Zac, ficamos anos juntos ai você chegou e estragou tudo
Ela encostou a arma na cabeça da morena e logo depois mirou a parede e atirou, Vanessa gritou assustada
- Você ficou louca?
- Não queridinha, ainda não mais posso ficar
Mirou na morena novamente, que engoliu seco
- Avril por favor, pare com isso, eu estou grávida
- Eu era para estar no seu lugar
- Tá Avril. Era pra ser você já entendi mais Zac é adulto e fez suas escolhas
- Você o obrigou a me deixar
- Eu não obriguei nada Avril
- Cale a boca – Voltou a mirar a arma para a cabeça da morena
Com Zac...
- Está tudo pronto Sr. Efron
- Ok
- Vamos
Foram para as viaturas e seguiram em direção a cativeiro de Vanessa, Zac estava tenso, nervoso
- Chegamos é aqui, vamos invadir
- Por favor, tragam ela bem
- Pode deixar
Zac pensou um pouco
- Não, eu vou junto
- Sr. Efron
- Eu sie que eu tinha concordado em não ir, mais agora eu quero
- Tudo bem, fique atrás de nós o tempo todo
Ele cercaram o lugar, quando o delegado deu o sinal eles invadiram
- Polícia de Nova York, todos de mãos para cima e deixem a refém sair
Avril gelou e Alan saiu, foi falar com o delegado, ele seria preso por ser cumplice mais como havia colaborado para o regate a pena seria menos, colocaram ele na viatura, enquanto isso Avril saia de dentro do quartinho segurando Vanessa com uma arma apontada para a cabeça dela
- Srta. Avril, por favor larga a Sta. Hudgens
- Para que? Ela roubou o amor da minha vida
Delirou
- Srta. Avril solte-a
Enquanto Adans, que era o policial que tentavam negociar com Avril, Jensen foi por trás para desarmar a loira.
- Nem tente em me desarmar verme
- Srta. Por favor colabore
Um barulho soou dentro do galpão, um barulho de tiro, delegado havia atirado em Avril, um tiro na barriga que fez ela cair e largar a arma, Zac foi ao encontro da ex ver o ferimento
- Chamem a emergência ela vai ficar bem, não foi fatal
Depois disso ele foi ao encontro de Vanessa
- Graças a Deus você está bem
- Eu estava com tanto medo
- Calma agora está tudo bem meu amor, vamos, vou te levar no hospital temos que ver como você e está e ver o nosso bebe
- Eu queria que você soubesse de maneira melhor
- Calma meu anjo, está tudo bem, eu estou feliz você está bem vamos ver nosso bebe, ve de quanto tempo você está
- E o Alan?
 Bem se não fosse por ele você não estaria salva agora, ele foi preso por ser cumplice mais a pena dele vai ser menor, Avrfil provavelmente vai ser enviada a penitenciaria psiquiátrica
- Agora vamos
- Vamos

Vanessa sorriu e  saíram abraçados, mais não antes sem agradecer aos policiais, detetives e ao delegado.
--------------------------------------------------------------------------
Vanessa salva, espero que gostem, logo posto em Simple, 
Beijos e mais beijos, e comentem bastante.

5 de julho de 2015

Capitulo 20 - Querendo Ajudar

Zac estava confuso, a namorada estava grávida e havia sido sequestrada por uma louca, teria que falar com a policia, tentou ligar mais algumas vezes para o celular de Vanessa, algumas dela chamaram depois caia direto na caixa postal.
** Ligação **
- AlÔ – Atendeu uma Ashley sonolenta
- Ashley a Vanessa
- O que tem a Vanessa Zac
- Ela foi sequestrada
- O QUE?
- É, ela descobriu que está grávida, estava indo na clínica me contar quando a minha ex namorada doida a sequestrou
- O meu Deus, a Vane tá grávida
- Ash, faz um favor pra mim
- Claro
- Avisa o seu Greg e a dona Gina
- Aviso sim
- Eu vou falar com a polícia, qualquer coisa eu ligo
Com Vanessa...
Avril havia desamarrado Vanessa que agora dormia em um colchonete que ali tinha, Alan havia chegado comida e água.
- O que vamos fazer com ela?
Perguntou Alan
Só solto ela depois que eu ficar com o Zac
- Avril, essa história é maluquice
- Vai querer pular fora?
- E já quis pular fora bem antes você que não deixou, eu já nem gosto mais da Vanessa
- Alam
- Você sabia disso, eu não vou colaborar com isso
- CHEGA, EU VOU SAIR
Gritou Avril saindo porta a fora, Vanessa foi acordando aos poucos
- Oi Vane
- Alan
- É, sou eu
- Então é você que está ajudando Avril?
- Era, eu não sou mais apaixonado por você, eu me apaixonei por ela, só que ela quer o Zac
- Oh meu Deus
- Eu não queria te sequestrar mais já estava tudo pronto não deu pra voltar atrás, desculpa Vane, eu quero muito te ajudar Vane
- Mas..
- Olha eu vou dar um jeito, vou tentar falar com o Zac, mais é difícil, ele vai querer me espancar
- Vai mesmo
- Isso não ajuda Vanessa
- Desculpa
- Vou ver se consigo um celular, aqui nesse papel, anote o celular do Zac vou tentar falar com ele
- Ok
Vanessa anotou o telefone de Zac e logo Avril chegou, e Alan saiu, Vanessa ficou quieta enquanto Avril comia tranquilamente
Com Zac...
- Delegado Roberts...
- Dr. Efron nós vamos acha-la fique tranquilo
- Não tem como ficar tranquilo
Nessa hora o celular de Zac toca, era um numero desconhecido
- Um minuto – Levantou
**Ligação**
- Alô
- Zac, sou eu Alan, olha eu quero ajudar
- Alan
- Isso, me encontra em uma lanchonete onde vou te cotar tudo
- Ok, vamos ver o que você quer
**Ligação**
Eles combinaram de se encontrar numa lanchonete perto da casa de Zac, estvaa na hora Zac estava lá e logo Alan chegou
- Oi Zac
- Alan
- Zac, eu sei onde a Vanessa está, eu ajudei a Avril
- Seu Desgraçado
- Calma, eu não quero nada com a Vanessa por isso estou aqui, eu posso ajudar a tirar ela de lá
- Como?
- Eu sei onde fica o cativeiro, e posso ajudar os policiais e a você a tirar ela de lá sem nenhum arranhão, assim ela e seu filho estarão a salvo
- E como faremos isso?
__________--------------------------------------------------------------------
Sei que ta pequeno e tudo mais, ó que provas finais tão pra matar a pessoa aqui, e não esqueçam de comentar e de me desejar feliz 18 anos, porque hoje 05/07 fiquei maior de idade eeeeee..
Comentem comentem.
Espero que tenham adorado o novo visu e capa do blog, porque eu sinceramente AMEI AMEI essa capa, acho que vou usar na proxima fic que to escrevendo claro se vocês gostarem, e o nome ta próxima é: O Contrato 

23 de junho de 2015

Capitulo 19 - Planos em ação

Vanessa saiu do escritório por volta das 17:00, estava dirigindo tranquilamente, enquanto o rádio tocava uma música calma, estava sorrindo com a notícia de sua gravidez, e estava ansiosa ao mesmo tempo para saber o que Zac acharia, já que não eram casados e nem noivos, somente namoravam, parou em frente a uma lojas de artigos infantis e se encantou com a cada peça de roupas e sapatinhos, e pensou se esperava menino ou menina. Sorriu e continuou dirigindo iria até o consultório de Zac para contar a novidade, o dia estava bonito, ensolarado mais por conta do horário estava um belo começo de pôr do sol, ao parar em frente a clínica que o marido trabalhava, trancou o carro e logo após não viu mais nada.
Vanessa acordou, a cabeça girava estava tonta tentou mexer os braços mais não conseguiu estavam presos assim como seus pés, levantou a cabeça lentamente, olhou ao redor estava em um lugar escuro e úmido
- Ora, vejo que acordou
- Avril?
- Ainda lembra de mim?
- Nossa, o que você quer comigo?
- Ah, quem sabe tirar você do Zac
- Demorou 5 anos para tomar essa decisão? – Disse irônica
- Não, é claro que não – Sorriu- Só estava esperando o momento mais propicio, e articulando meus planos, Alan foi precipitado tentando matar o Zac naquele acidente de carro anos atrás
- Foi o Alan?
- Claro, ou você acha que estou fazendo tudo sozinha?
- Oh, meu Deus
- Então resolvi por meus planos em ação
- Planos?
- Sim querida, nesses 5 anos descobri muitas coisas, sei que seus pobres pais se mudaram para cá, e também sei que está grávida, achei os testes na sua bolsa, devia estar indo contar ao Zac né? Pobrezinho nem vai conhecer o filho – Vanessa engoliu seco ao ver Avril pegar uma faca – Sabe, eu e o Zac tínhamos muitos planos, casar, ter filhos, uma vida que seria feliz mais ai você apareceu – Encostou a faca no pescoço dela- E estragou tudo, a doce morena de olhos chocolates que veio para Nova Iorque em busca de emprego, e com seus belos dotes culinários conseguiu fisgar um médico rico, ganhou faculdade, carro e o médico de brinde – Um toque fez Avril parar – Ora seu querido namorado a liga, vá vadia atende
- Oi – Disse com a voz tremula
- Vanessa meu amor, onde você está, vi seu carro estacionado na frente da clínica mais nada de você, onde está amor?
Avril puxou o celular da mão de Vanessa
- Olá Zac
- Avril? O que você ta fazendo com a Venessa?
- O meu amor, vai dizer que você não sabe
- Avril,. Solta ela
- Sabe, vou te contar uma novidade
- O que?
- Você vai ser pai – Riu maléfica – É quando pegamos sua amada ela estava indo contar a você por isso o carro dela está na frente da clinica
- Eu vou ser pai – Disse sem acreditar
- Sim meu querido, vai ser pai, pena que você não vai conhecer seu filho, vou acabar com a vida dele e da vadia da mãe dele antes
- Avril, solta ela por favor, não faça nada com a Vanessa e com meu filho
- Tchauzinho

Desligou e saiu, foi para longe e jogou o celular fora, já que o mesmo tinha rastreador, durante o percurso Zac ligou outras várias vezes para o celular de Vanessa, ela havia descoberto uma gravides, eles seriam pais e agora ela corria perigo, ele havia desejado tanto um filho com Vanessa, o próximo passo seria acionar a policia.
-----------------------------------------------------------------------------------------
Voooltei, gente acho que sabado ou domingo posto dos dois, to em semana de provas na faculdade mais vou dar um jeitinho!
Beeeios, e vão em Simple Love, tem capitulo lá também

4 de junho de 2015

Capitulo 18 - Grávida

A segunda-feira logo chegou e junto com ela o trabalho de ambos e a faculdade de Vanessa, logo na próxima semana seria Natal, Vanessa estava na última semana de aulas.
- Vane – Gritou uma loira para Vanessa no Campus
- Oi Britt
- E aí, como foi o aniversário?
- Maravilhoso... – Vanessa contou tudo o que tinha acontecido e contou também que seus pais estavam na cidade pensando em se mudar para ali Zac se prontificou a ajudar os sogros com o dinheiro para casa, mais Greg era orgulhoso de mais e Zac entendeu o sogro, Vanessa mostrou para Brittany a aliança de compromisso que ganhará do namorado, toda orgulhosa. A aula passou rápido e logo chegou intervalo...
5 anos se passaram, agora Greg e Gina moravam em Nova York, Vanessa havia se formado na faculdade agora era uma advogada e havia comprada uma bela casa, Ashley arrumou o seu tão amado príncipe encantado Christopher, de quem estava noiva, Zac e Vanessa estavam com o namoro firme e forte, Zac agora com seus 27 anos estava numa rotina conturbada e Vanessa com 26 havia muitas causas em seus escritório para resolver, dificilmente perdia alguma.
Era uma manhã de quinta-feira, Vanessa havia dormido com Zac, ela levantou devagar para não acordar o namorado, foi até o banheiro sentiu o estomago revirar abaixou-se e vomitou Zac acordou com o barulho de Vanessa fazendo força para vomitar, e foi até o banheiro
- Amor, sai. Você não precisa ver isso – Disse puxando a descarga
- Hei calma, o que aconteceu?
- Só um mal-estar – começou escovar os dentes – Vou tomar um banho marquei com cliente logo cedo
Sorriu e deu um beijo no namorado
- Se por um acaso se sentir mal de novo, vá me procurar ta bom?
- Pode deixar doutor – Sorriu enquanto ele colocava uma mecha de seu cabelo para trás de orelha.
Vanessa tomou um banho demorado, e logo desceu as escada Zac já se encontrava na mesa sentado a esperando vestido perfeitamente de branco, com o jaleco pendurado na cadeira
- Bom dia Iolanda
- Bom dia querida
Eles comeram e Vanessa sentiu seu estomago dar sinal de vida novamente, mais não vomitou. Cada um pegou seu carro se despediram com um beijo demorado e Vanessa foi o mais rápido que pode, chegando no escritório cumprimentou Selena sua secretaria e correu para o banheiro lá vomitou todo o café da manhã.
- A senhora está bem? – Disse Selena ao ver Vanessa sair do banheiro
- Já disse para me chamar de você – Sorriu fraco – Sim estou bem, fique tranquila
Vanessa chegou na sala e sentou na cadeira abriu a bolsa e logo se tocou, ao ver o pacote de absorvente ali intocado estava atrasada a mais ou menos 2 meses.
- Meu Deus, não pode ser
A ideia de gravidez voou na cabeça da morena a manhã toda, estava enjoada e tonta teria que fazer um exame ou ir a um ginecologista.

Era hora do almoço, aproveitou que o marido estava fazendo cirurgia e foi até uma farmácia comprar alguns testes comprou 4. Entrou no banheiro e lei a instrução de cada teste, e assim os fez, foram os 5 minutos mais demorados da vida dela. Finalmente havia dado a hora olhou para os testes e todos os quatro diziam a mesma coisa POSITIVO ela estava grávida, na mesma hora desabou a chorar, como Zac reagiria uma gravidez não planejada? Como contaria a ele e aos pais? Nem casado eles ainda eram nem noivos. Ela se acalmou sorriu guardou os quatro testes na bolsa e saiu do banheiro com um enorme sorriso.
-------------------------------------------------------------------------
Gente tá pequeno eu sei, mais tive que fazer outro no notebook para nao deixar vocês sem, talvez demore em Simple Love, bom era isso que estava no outro só que era maior, várias emoções ainda vão surpreender o nosso casal.
Beijões. :*

24 de maio de 2015

Capitulo 17 - Surpresa

No outro dia domingo, Vanessa acordou com um arrepio das costas, o frio de dezembro estava intenso puxou as cobertas e olhou para o lado, viu Zac dormindo calmamente, mas puxou o roupão que estava pendurado do lado esquerdo da cama, estava frio, foi até o banheiro e tomou um banho quentinho, vestiu-se  de modo que ficasse quentinha
- Bom dia Vanessa – Disse Iolanda- Parabéns pelo aniversário
- Obrigada Iolanda
- Quantos anos? – Sorriu doce
- 21, vou preparar o café
Zac acordou e viu que Vanessa não estava ali, pegou o roupão que estava estendido em cima da cama e foi para o banheiro tomar um banho, ele ainda continuava tenso, já que na noite as namorada teria sua ultima surpresa de aniversário, se vestiu e desceu sentiu o cheiro do café
- Bom dia Zac
- Bom dia Iolanda
Se dirigiu até a cozinha, e abraçou a namorada por trás
- Bom dia meu anjo
- Bom dia amor – Virou-se dando um beijo nele – Vou por a mesa pro nossa café
- Tá bom
Vanessa arrumou a mesa e eles tomaram café animados
- Amor tenho que ir para casa
- NÃO
- Amor – Olhou incrédula
E agora – Pensou
- Não, fica o dia comigo vai
- Tá, todo bem eu fico
- A gente poe almoçar fora o que você acha
- Pode você está estranha
- É que eu ainda não entendi porque você gritou quando eu disse que ia em casa
- É que eu quero passar o dia com você, e a noite nós vamos sair
- A ode vamos? – Esqueceu completamente o grito de Zac
- Surpresa
- Amor..
- Desiste vida, vai ser surpresa
Beijou a testa dela
- OK, fazer o que né
Ficaram vendo TV, o dia passou rápido até o celular de Zac tocar, já eram 20:00
** Ligação **
- Zac está tudo pronto
- Já chegaram?
- Sim chegaram ao meio dia
- Ótimo
- Traz ela
- Ok
**Ligação**
- Amor?
- OI
- Vá até o quarto de hóspedes, se arrumar para irmos
- Porque não posso me arrumar com você?
- Porque não – Sorriu – Vem
Pegou na mão dela e foram Zac entrou num quarto e Vanessa no outro, em cima da cama havia um belo vestido, sapato tudo para uma festa, tomou banho se arrumou fez uma leve maquiagem e sorriu ao ver o resultado. Desceu as escada encontrou Zac já arrumado a esperando.
- Esta linda
- Obrigada, você também está lindo – Deu um beijo nele – Vamos?
- Vamos
Foram para o carro de Zac, e se dirigiram a uma casa de festas
- Casa de festas? Você tem alguma coisa aqui hoje amor?
- Eu não, você tem, vem
Vanessa olhou sem entender e seguiu o namorado estava tudo apagado, de repente as luzes ascenderam e vaias pessoas e familiares estavam ali inclusive...
- Mãe, pai!? – Sorriu e foi abraçar os pais depois abraçou Zac – Obrigada
- Agradeça a Ashley foi ela que organizou tudo
Ela foi abraçar a amiga
- Obrigada Ash
- Não foi nada, mais se não fosse o Zac seus pais não estariam aqui
- Sim aqui vai ficar um jogando pro outro? Sacanagem
A festa rolou, Zac conversou muito com os pais de Vanessa, que aprovaram o namoro da filha, Vanessa e Ashley também conversavam animadamente até Chris um amigo de Zac tirar Ashley para dançar, e Zac fez o mesmo com a namorada,
- Obrigada por trazer eles, eu estava com saudade deles
- Eu sei, por isso os trouxe

- Obrigada 

20 de maio de 2015

Capitulo 16 - Aniversário da Vanessa

A vida do casal estava normal, era sábado 13 de dezembro véspera do aniversário de Vanessa
** Ligação**
- Ashley como está tudo?
- Zac se acalma ta tudo certo, relaxa cara
- Não dá Ashley, a Vanessa é minha namorada, e se ela não gostar?
- Ela vai amar
- Confio em você
- Então deixa comigo – Sorriu – Tchau
- Tchau Ash
 ** Ligação **
Zac estava apreensivo não sabia se Vanessa iria gostar da surpresa e se achasse muito clichê uma surpresa romântica ele andava na sala de uma lado para outro eram 9:00 da manhã Vanessa chegaria a qualquer momento para ficar ali com ele, dito e feito, a campainha tocou
- Eu não sei por que não usa a chave que te dei – Sorriu e beijando – Bom dia meu amor
- Só para emergência já disse – Sorriu – E bom dia
- Então o que quer fazer hoje?
Disse sentando no sofá, mais estava tenso e Vanessa percebeu
- Amor aconteceu algo?
- Não anjo por quê?
- Você, está tenso.
- Não, só impressão.
- Certeza
- Absoluta
Vanessa sentou ao lado dele e começou fazer uma massagem calma em seus ombros
- Adoro suas massagens – Sorriu
- Eu sei – Ela sorriu em troca
- Me deixa calmo, alivia meu estresse das consultas, cirurgias e tudo mais
- Que bom, me sinto mais feliz assim
Ele virou de frente para ela lhe dando um beijão
- Almoço fora hoje?
- Pode ser
Passaram a manhã inteira num chamego só, ao dar meio dia saíram para o almoço, a tarde passearam no shopping e Zac foi levar Vanessa em casa
- Amanhã a noite a gente se vê então, tenho plantão
- Claro – Sorriu triste
- Eu amo você meu anjo
- Eu também amo você
Zac saiu, estava tenso e apreensivo para a surpresa, não teria plantão no outro dia mais nada podia dar errado na surpresa de Vanessa. A noite chegou, agora seria o momento, Zac mandou uma mensagem para Vanessa.
“Feliz aniversário meu anjo, pegue com a Ashley a caixa com a roupa
Para você usar essa noite, você vai ficar maravilhosa, amo você”
- Ashley , a caixa
A amiga sorriu
- Aproveite a  noite
Vanessa abriu a caixa e ali tinha tudo para a noite, vestido, sapatos, brincos, colar se arrumou se maquiou
Pegou o carro e se dirigiu para casa de Zac onde estava tudo apagado somente algumas velas fazendo caminho até a varanda, ela seguiu com um sorriso no rosto, ao chegar lá, não viu ninguém até sentir alguém a abraçar por tras
- Sabia que você ficaria linda. Feliz aniversário
- Obrgada – Sorriu
- Sabe já faz 6 meses que a gente tá junto – Sorriu – E agora, vou te dar a coisa que prova o quanto eu te amo e quero ficar com você o resto da minha vida, ainda não é um pedido de casamento – Puxou uma caixinha do bolso – Mas pode ser um começo
Abriu ali continha duas alianças lindas, Vanessa colocou a mão na boca escondendo o espanto

- São Lindas
- Que bom que gostou
Pegou a pequena, e colocou no dedo dela, e ela assim fez com  outra colocando nele

- Agora vamos jantar – Seguiram jantar, e a noite terminou, com os dois no quarto, abraçados suados e cheios de amor.
-----------------------------------------------------------------------------------------
16 postado! Tem Capitulo em Simple Love também, vão lá ver o 2º Capitulo.. Espero que gostem desse e do de Simple Love
Beijões

14 de maio de 2015

Capitulo 15 - Tudo em pratos limpos

Zac estacionou o carro depois de tocado no assunto da mãe dele nenhuma palavra a mais foi dita no carro
- Acho que a gente precisa conversar – Acariciou o rosto dela
- Mas e as compras?
- Depois eu pego
- Tá – Abaixou a cabeça
Entraram na casa de Zac sentaram no sofá lado a lado
- Agora conta, o que aconteceu?
- Bem foi assim – ela respirou fundo – no dia do acidente ele me ligaram avisando, eu sai correndo do escritório como ainda não tinha feito o teste de motorista peguei o primeiro ônibus e fui para o hospital, cheguei lá e fiquei esperando noticias, logo uns 30 minutos depois chegou um casal perguntando por você, dizendo que eram seus pais eu puxei assunto e sua perguntou a quanto tempo você estava na sala de procedimento eu disse, e logo ela perguntou como a gente se conheceu e começou a namorar e perguntou dos pais no que trabalhavam, acho que ela não gostou de saber que minha família não tem tanto dinheiro ai quando o medico veio dizendo que você já poderia receber visitas seu pai disse para eu ir primeiro e eu disse que não que eles poderiam ir, porque eu iria pegar roupas e passaria a noite ali com você, e sua mãe disse que era audácia minha e que eu só estava com você por causa do seu dinheiro – uma lágrima rolou dos olhos dela – ai aconteceu uma breve discussão eu disse que não me importava com seu dinheiro, e que estava com você porque eu amo você e não o sue dinheiro e saí indo em direção a saída e seu pai veio atrás de mim, me pedindo desculpas pela atitude dela.
Zac andava pela sala de um lado para o outro
- Ela não podia ter feito isso, ela não pensa
- Hei, calma já passou e ela é sua mãe
- Eu sei ela minha mãe mais poxa, que mania dela essa de querer achar que todo mundo é menor que ela
- Calma
- Eu vou ligar para eles mais tarde
- Amor eu não contei antes porque, não quero confusão, por favor.
- Não vou fazer nada de mais, só conversar com eles.
- Promete?
- Prometo mais agora você vai aceitar esse cartão de crédito, e vai esquecer tudo o que a minha mãe falou.
- Amor mais eu não posso
- Por favor, leve como um presente.
- Sua mãe ela...
- Ela não tem nada haver com isso, você é minha namorada.
- Tudo bem eu levo, mas, só vou usar em casa de extrema emergência caso de ultima hora.
Ele sorriu
- Agora vou ligar para eles
- Ok
Deu um beijo nela e foi para o escritório e ligo para os pais
- Alô
- Oi Joana é o Zac, meus pais estão?
- Só um minuto vou chamar
- De preferencia minha mãe
- Ok – ouve um silencio – Oi filho
- Oi – Disse seco
- Aconteceu alguma coisa?
- Aconteceu, o meu acidente te lembra algo?
- Lembra querido, claro, fiquei tão preocupada como você está?
- Ficou tão preocupada que nem ligou mais para saber como eu estava
- Filho me desculpe
- Mas não foi para isso que eu liguei
- Foi para que então
- Para saber quando você vai parar de tratar mal as pessoas, principalmente a minha namorada
- Aquela coisinha já foi te contar é
- Não ela não ia me contar, e ela tem nome e é Vanessa, sem querer ela deixou escapar, fomos comprar enfeites de natal para a minha casa e apara o apartamento dela, e no momento que eu fui entregar o cartão de credito para ela fazer as compras ela não quis, por causa das barbaridades que você falou
- Não falei nada de mais querido
- Só a chamou de interesseira e tudo mais. Escute uma coisa Starlla, eu a amo e nem você e nem ninguém vão tirar ela de mim, fui claro
- Como agua, mais acho que você merecia...
- Coisa melhor era isso, faça me o favor ela me faz bem como nenhuma outra me fez antes, eu a amo, e era só isso e estou indo viajar, passarei o natal com os pais dela
- Não vai passar com nós?
- Você não merece, tchau mãe.
Desligou o telefone.
- Pronto – Disse olhando para Vanessa
- Como ela tá?

- Deve tá uma fera, mais vai superar - Riu

-------------------------------------------------------------------------------------------

Postadinho o 15 comentem bastante, espero que antes de sábado eu posto em Simple Love, já que o 1º capitulo tá quase pronto..
Beijos comentem e não percam Simple Love

Capitulo 14 - Sabado no Shopping

O sábado logo chegou, Vanessa acordou por volta as 09:00 aquele dia, escovou os dentes e se arrumou e desceu para tomar café
- Hmm.. Tá gata em amiga – Disse Ashley – Bom dia
- Engraçadinha você Ashley, bom dia
- Parando, você vai a onde?
- Vou ao shopping com o Zac, ver decoração de natal.
- Falando nele, como ele tá depois do acidente.
- Ah, ele está totalmente recuperado os machucados já cicatrizaram.
- E os pais dele vieram vê-lo?
- Não Ash, nem um telefonema, acho que por minha causa – O celular de Vanessa deu som de mensagem – É o Zac
“Bom dia meu anjo dormiu bem?
bom espero que sim, já já passo aí
pra te buscar to morrendo de saudades.
Te amo”
“Dormi bem sim amor, espero que não tenha
Sentido nenhuma dor em seus machucados
Pode vir a hora que quiser estou pronta já.
Te amo”
“Vou já então, e não eu não senti dores
Amo você”
- O Zac tá vindo
- É tão bom ver você assim, feliz
- Calma Ash, você vai encontrar uma pessoa – Sorriu
- Tomara – Disse enquanto levava as louças pra pia
A campainha tocou
- Rápido ele não? – Zombou Ash
- Não zoa Ash – Abriu a porta – Bom dia amor
- Bom dia meu anjo – Deu um beijo nela
- Tá bonito 
- Você também ta linda amor – Sorriu e beijou sua bochecha
- Dá pra parar casal?
- Ash, a gente não tem culpa se ninguém te que – Riu
- Grande amiga você Vanessa
- Ok, estamos indo. Tchau Ash
- Tchau e se cuidem
Zac e Vanessa rumaram em direção ao shopping chegando lá começaram a ir atrás das árvores de natal
- Amor essa é linda – Sorriu – Será que cabe no apê?
- Cabe sim meu anjo
- Posso levar? – Pediu sem graça
- Hei, não fica assim, pode pegar o que você quiser – Sorriu e lhe deu um beijo terno
- Tá
- Vai lá – Entregou um cartão de crédito a ela
Vanessa entrou na loja e Zac observava a alegria dela em ver os enfeites de natal, mas uma data não poderia ficar em branco na próxima semana era o aniversário da namorada e precisaria de uma desculpa para ir atrás de um presente.
- Amor
- Oi
- Vou ao banheiro tá?
- Tá, vou te esperar aqui, pra escolher uma pra sua casa
- Está bem
Zac correu e agora o que dar a namorada de presente, gostaria de dar o shopping inteiro, mais uma loja em especial o agradou, já sabia o que dar, sabia que ela ia gostar, seria eterno. Zac foi até o estacionamento num pulo e escondeu o presente, ao voltar foi abordado por uma garota perto da loja em que Vanessa estava.
- E aí gato – Zac ignorou – Hei estou falando com você
O puxou pelo braço
- Desculpe mais estou com pressa minha namorada está me esperando
- Hmm.. Mais ela não precisa saber, que tal de a gente saísse essa noite?
Zac ia falar mais na hora uma voz o surpreendeu
- Querida porque você não vai pastar? – Era Vanessa
- E você quem é? A namorada dele?
- Sou porque? – A garota riu
- Olha para você, nem deve o satisfazer.
Vanessa olhou para ela, será que era verdade? A única reação que teve foi dar uma tapa na cara dela e sair, Zac foi atrás dela a encontrou chorando num banco.
- Amor calma
- É verdade Zac?
- O que amor? – Perguntou sem entender
- Eu não te satisfaço?
- Hei não pensa isso, e você sabe muito bem da sua capacidade – Sorriu malicioso fazendo Vanessa rir
- Vem, acho que ainda temos a minha casa para decorar – Deu um beijo nela e saíram atrás de decoração para a casa dele, na hora do almoço foram a praça de alimentação comeram entre abraços beijos, e palavras bonitas, e depois voltaram para a procura.
As 18:00 Zac colocou todas as comprar no porta malhas do carros, as roupas para natal e ano novo, presentes e as decorações
- Amor?
- Oi
- O que acha de ir passar o natal com seus pais, assim aproveito e conheço eles
- Ótima ideia amor, mais é longe de carro
- Pode deixar que essa parte é comigo, providencio as passagens de avião
- Amo você – Sorriu
- Eu também te amo
A morena abriu a bolsa e tirou algo lá de dentro
- Toma – Disse devolvendo o cartão de crédito
- Não amor, ele é seu, aproveite
- Mais eu não posso aceitar – Disse lembrando as palavras de Starla – Ai o que sua mãe me disse vai se tornar real, não amor, eu não quero, já foi de mais aceitar tudo isso
- Pera aí o que minha mãe te disse?
Merda falei de mais  - Pensou
- Quando chegarmos em casa em te conto, vai ser melhor

- Ok, vou esperar
-----------------------------------------------------------------------------------
Postei aê ee, bem deixei um pouco a prova de lado pra postar pra vocês espero que gostem e não deixem de visitar Simple Love Personagens e Sinopse já postei acho que no fim de semana posto o primeiro capitulo!
Beijos, comentem e visitem o outro blog!